Maranhão Maranhão

Governo contabiliza mais de 15 mil cirurgias e 400 mil atendimentos no Hospital de Traumatologia e Ortopedia do Maranhão

Em 2022, já foram realizados 1.133 procedimentos.

13/05/2022 às 15h41 Atualizada em 13/05/2022 às 16h30
Por: Jornalismo | Timon Maranhão Fonte: Secom Maranhão
Compartilhe:
A enfermeira Luziane Rocha. (Foto: Ilano Lima) - A enfermeira Luziane Rocha. (Foto: Ilano Lima)
A enfermeira Luziane Rocha. (Foto: Ilano Lima) - A enfermeira Luziane Rocha. (Foto: Ilano Lima)

13/05/2022

Referência estadual no atendimento de casos de média e alta complexidade, o Hospital de Traumatologia e Ortopedia do Maranhão (HTO), que atende pacientes de todo o Maranhão, já realizou, desde o início de funcionamento em outubro de 2017, 15.336 mil cirurgias ortopédicas e 403.491 atendimentos. Em 2022, já foram realizados 1.133 procedimentos.

Em visita à unidade, o secretário de Estado da Saúde, Tiago Fernandes, destacou que o objetivo é ampliar o número de atendimentos no hospital. “O HTO é a nossa referência estadual em traumas ortopédicos. Temos muito orgulho do atendimento que é oferecido aqui; não é à toa que a unidade possui 98% de aprovação. Nosso objetivo é avançar ainda mais no trabalho que é oferecido nesta unidade”, afirmou.

O Hospital de Traumatologia e Ortopedia do Maranhão conta com 46 leitos, sendo 10 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI); e com três centros cirúrgicos, além de posto de enfermagem, sala de repouso, salas de curativo e alas especializadas no tratamento pediátrico e de idosos.

“O HTO tem o compromisso de atender os nossos pacientes da melhor maneira possível, por isso dispomos de uma equipe coesa e unida, composta por vários profissionais que se dedicam em prol dos usuários do Sistema Único de Saúde”, falou a diretora administrativa da unidade, Luana Barata.

O HTO recebe pacientes encaminhados por outras unidades de saúde do estado. Dona Marina Soares da Silva, de 72 anos, é uma dessas pacientes. “O atendimento aqui é bom, os profissionais nos atendem muito bem”, elogiou a aposentada, que quebrou o fêmur da perna esquerda em dois lugares e está internada na unidade, aguardando a realização do procedimento cirúrgico.

A dona de casa Francisca Costa é filha e acompanhante da paciente Joana Costa da Conceição, de 63 anos, e também ressalta o bom atendimento da unidade. “O tratamento aqui é bom demais, pois todos nos dão muita atenção. Minha mãe ainda não operou só por causa de uma infecção urinária que ela está tratando primeiro para poder fazer o procedimento”, conta a acompanhante que, assim como sua mãe, é moradora da cidade de Pio XII.

De acordo com o coordenador da Ortopedia do HTO, Damião Guedes, esses depoimentos dão muita satisfação, pois é sinal de um trabalho bem feito. “A melhoria de todo o serviço é sempre em prol do paciente. A ortopedia ainda é uma área muito demandada no Maranhão, muita gente precisa de um atendimento ortopédico definitivo e que resolva o problema para que o paciente possa voltar ao mercado de trabalho de maneira satisfatória”, pontuou.

Dia da Enfermagem

A unidade realizou uma ação em alusão ao Dia Internacional da Enfermagem, comemorado nesta quinta-feira (12). Para as profissionais, foi oferecido um momento de beleza. “Estou aqui na unidade há quase cinco anos e sei que nós fazemos a diferença. Cada paciente que sai daqui nos agradece e isso é muito gratificante”, disse a enfermeira Joana da Cruz, que foi homenageada durante a ação.

Outra enfermeira que não esconde a satisfação em trabalhar na unidade é a Luziane Rocha, enfermeira do HTO há quase quatro anos. “A enfermagem é uma profissão fundamental dentro de um hospital para prestar uma assistência de qualidade aos pacientes, visando o paciente de forma holística, como um todo, não só sobre o paciente em si mais como um filho, um esposo ou a família de alguém”, disse a enfermeira.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários