Quarta, 24 de Julho de 2024
Geral Maranhão

Após receber alta, paciente retorna à UTI para agradecer atendimento recebido no Hospital Regional de Caxias

Lucimar Souza, de 38 anos, recebeu tratamento humanizado na unidade de saúde durante os três meses de internação.

07/10/2023 17h20
Por: Jornalismo | Timon Maranhão Fonte: Secom Maranhão
Foto: Reprodução/Secom Maranhão
Foto: Reprodução/Secom Maranhão

Lucimar Souza, de 38 anos, recebeu alta após quatro meses de internação, motivada por um quadro de miastenia grave (doença autoimune). Em sua saída da enfermaria do Hospital Regional de Caxias Dr. Everaldo Ferreira Aragão, ela fez questão de retornar à UTI do hospital, onde permaneceu por cerca de três meses, para agradecer a toda a equipe profissional que direta e indiretamente contribuiu para evolução positiva do seu tratamento.

A paciente recebeu alta na última quarta-feira (4) e agradeceu o tratamento recebido na unidade. “Gostaria de agradecer a cada membro da equipe que me ajudou. Foram momentos muito difíceis, mas sei que, sem a colaboração de cada um de vocês, o fardo teria sido ainda mais pesado. Nunca vou esquecer o carinho que cada um de vocês dispensou. Só posso agradecer e pedir que Deus abençoe a todos para que possam continuar exercendo esse cuidado com todos que necessitam”, destacou Lucimar Souza. 

Apesar de necessária para evolução e acompanhamento de pacientes com os mais diversos quadros, uma internação longa em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) sempre é considerada um momento de tensão. O cuidado e acompanhamento são fundamentais à adesão do paciente a todos os procedimentos necessários. 

A humanização do tratamento, com estratégias que possam melhorar a qualidade de vida e a adesão dos pacientes aos tratamentos, é um dos grandes desafios enfrentados pela equipe multidisciplinar do Hospital Regional de Caxias, unidade que compõe a rede estadual de saúde e administrado pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH).  

Para o psicólogo Antônio Mantovan, que compõe a equipe multidisciplinar de cuidados na UTI do Macrorregional de Caxias, o depoimento soa como reconhecimento ao trabalho desenvolvido. “Ficamos lisonjeados pelas palavras, que nos mostram que, apesar dos desafios diários, conseguimos mudar para melhor a vida das pessoas, contribuindo com a melhoria da qualidade de vida e recuperação em momentos que se encontram tão frágeis. É gratificante”, comentou. 

Unidade de referência

Inaugurado em 2016, o Hospital Regional de Caxias Dr. Everaldo Ferreira Aragão é unidade de referência em média e alta complexidade no leste maranhense. Conta com 116 leitos de internação, sendo 26 leitos de clínica médica, 26 de oncologia, 26 de ortopedia, 26 de clínica cirúrgica e 12 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 

Em 2022 foram realizadas na unidade 16.818 consultas ambulatoriais, 16.849 exames de imagem, 4.371 internações e 3.978 cirurgias nas mais diversas áreas. A unidade conta com atendimentos médicos em diversas especialidades, tais como; Clínica Médica, Neurocirurgia, Ortopedia e Traumatologia, Urologia, Mastologia, Ginecologia, Cirurgia Plástica Reparadora e Endocrinologia; e com serviços nas áreas de Assistência Social, Enfermagem, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Nutrição e Psicologia. 

Além disso, o hospital dispõe de exames para apoio diagnóstico como colonoscopia, eletrocardiograma, ecocardiograma, endoscopia, exames laboratoriais, mamografia, ressonância magnética, radiologia, tomografia computadorizada, ultrassonografia, dentre outros.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.