Quarta, 24 de Julho de 2024
Geral Maranhão

SES reúne com representantes do Ministério da Saúde, HU-Ufma, Semus São Luís e propõe avanços e fortalecimento da rede de assistência em saúde

Na agenda, alinhamentos das diretrizes para o fortalecimento da rede de urgência e emergência, os componentes voltados para habilitação de unidades...

06/10/2023 18h55
Por: Jornalismo | Timon Maranhão Fonte: Secom Maranhão
- Secretário Tiago Fernandes durante reunião com representantes do Ministério da Saúde, HU-Ufma, Semus São Luís (Fotos: Israel Pontes).
- Secretário Tiago Fernandes durante reunião com representantes do Ministério da Saúde, HU-Ufma, Semus São Luís (Fotos: Israel Pontes).

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) se reuniu com representante do Ministério da Saúde (MS), do Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HU-Ufma) e da Secretaria Municipal de Saúde de São Luís (Semus), e deu continuidade, nesta sexta-feira (6), a uma agenda de alinhamentos das diretrizes para o fortalecimento da rede de urgência e emergência, os componentes voltados para habilitação de unidades de saúde, cirurgias eletivas, entre outros. 

“Desde o início da gestão, o governo do Maranhão aposta na melhoria da rede de assistência à saúde. Nós queremos cuidar cada vez melhor das pessoas, prestando atendimento resolutivo e qualificado aos pacientes. Então seguimos adiante reafirmando o diálogo com todos os entes da federação”, destacou o secretário de Estado da Saúde, Tiago Fernandes, durante o encontro.

A coordenadora geral de Atenção Hospitalar do Ministério da Saúde, Iris Renata Vinha, falou sobre ações da pasta, além de ouvir demandas e dialogar sobre as ações na saúde desenvolvidas no estado. “Nós estamos aqui para ouvir e entender as necessidades da Secretaria. Reconhecemos os esforços e interesse em qualificar os serviços. Então nós levaremos as demandas para Brasília para darmos retorno posteriormente”, disse.

No encontro foram tratados temas como a habilitação de leitos prolongados da rede; proposta de inclusão de novas especialidades cirúrgicas no Programa Nacional de Redução das Filas, além das linhas ofertadas pelo MS, a ainda a ampliação do Samu, entre outros. 

Segundo o secretário municipal de Saúde de São Luís, Joel Nunes, nesse encontro, o diálogo com os gestores foi mais uma vez ampliando. “De maneira coordenada e organizada, sem dúvidas, a gente consegue avançar e melhorar a qualidade da assistência, que é isso que a gente quer, e é por isso que estamos todos hoje aqui”, disse. 

Após o encontro com o secretário Tiago Fernandes, a equipe do Ministério da Saúde seguiu acompanhada dos técnicos da SES. Na ocasião, visitaram a unidade de Pronto Atendimento (UPA) Vinhais e o Hospital da Ilha, ambos em São Luís. 


No Hospital da Ilha, a equipe percorreu leitos de enfermaria, a Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ), e os leitos especializados para atendimento de Acidente Vascular Cerebral (AVC), na perspectiva de habitação das linhas de cuidados do AVC.

“Efetivamente o que a gente vê é o paciente bem assistido, tendo acesso total na rede e o comprometimento de todos os profissionais. Nossa prospectiva é poder ampliar esses recursos com o que hoje já tem em funcionamento, e que pode com certeza ter a contrapartida federal para co-financiamento da assistência, tanto aqui dentro do hospital como na Unidade de Pronto Atendimento, na perspectiva de alcançar realmente uma relação de equidade paro o financiamento, tendo sempre o recurso federal como uma forma de apoio a gestão”, disse a coordenadora geral substituta de Gestão Orçamentária e Finanças do MS, Aliane de Castro.

Participaram do encontro, entre outras autoridades, a secretária adjunta de Assistência à Saúde da SES, Katia Trovão, a gestora de Regulação Controle e Avaliação do Sistema de Saúde da SES, Marina Sousa, a superintendente de Acompanhamento da Rede de Serviços da SES, Priscila Barros, Ethiana Lima, Patrícia Rocha, além de Fernanda Hanza, Donizetti Junior.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.